APACI – Associação Paulista de Cineastas | Cristiano Burlan

Cristiano Burlan

Cristiano Burlan nasceu em Porto Alegre. É diretor de cinema e teatro. Na década de noventa morou em Barcelona, onde dirigiu o grupo de cinema experimental super-8. Esteve à frente do grupo de teatro a Fúria de São Paulo. É professor na Academia Internacional de Cinema – AIC e na Escola Superior de Artes Célia Helena. Realizou diversos filmes. A maior parte de sua filmografia, já participou de importantes Festivais, como Festival de Havana, É Tudo Verdade, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, entre outros. Seu documentário mais recente “Mataram meu irmão” foi o grande vencedor do É Tudo Verdade 2013, Melhor Filme do Júri Oficial e da Critica, vencedor do Prêmio Governador do Estado de São Paulo e do SESC Melhores Filmes.

 

Principais filmes

Hamlet

Hamlet-1

Direção Cristiano Burlan
Produção executiva Cristiano Burlan e Henrique Zanoni
Produção Mariela Lamberti
Fotografia e Câmera RAFAEL NOBRE
Som direto Cláudio Gonçalves e Pedro Medeiros
Montagem Grace Pinto e Pedro Leite
Trilha Original Guilherme Garbato e Gustavo Garbato
Assistente de Direção Lincoln Chessa

 

Sinopse

A partir do assassinato de seu pai por seu tio, Hamlet é obrigado a enfrentar suas próprias contradições e as do mundo a sua volta. Em uma desconstrução de si mesmo, Hamlet mergulha na eterna questão sobre o sentido da existência. Ambientada numa grande metrópole, Hamlet é uma livre adaptação da tragédia de William Shakespeare.

 

Mataram Meu Irmão

 

Matarammeuirmao

Direção CRISTIANO BURLAN
Produção e Produção executiva NATÁLIA REIS
Fotografia e Câmera RAFAEL NOBRE
Som direto ELIONAI DIAS
Montagem Lincoln Péricles E Cristiano Burlan
Trilha Original GUILHERME GARBATO e GUSTAVO GARBATO
Assistente de Direção MARINA VAZ

 

 

Sinopse

Reconstituindo os detalhes da morte de seu irmão, Rafael Burlan da Silva, ocorrida há 12 anos, o cineasta Cristiano Burlan lança-se a uma jornada pessoal que conduz ao coração de um círculo de violência em torno dos bairros da periferia paulistana – como o Capão Redondo, onde morava a família e o irmão, de 22 anos, foi morto com sete tiros, em 2001. Explorando as razões do envolvimento do irmão com drogas e roubo de carros, o diretor expõe partes de sua própria história familiar, ouvindo parentes e amigos, cujos depoimentos trazem à tona os destinos de diversos personagens, mapeando o histórico de dolorosas feridas emocionais.

 

Sinfonia de Um Homem Só

 

SinfoniadeUmHomemSo

Direção e Roteiro Cristiano Burlan
Produção e Produção Executiva Natália Reis
Fotografia e Câmera Paul Domingues
Edição Marcelo Paes Nunes
Som direto Gus Pereira
1º Assistente de Direção Marina Vaz
1º Assistente de Produção Guilherme Bicudo

 

 

Sinopse

Inspirado na obra prima da música concreta “Sinfonia para um homem só” de Pierre Henry (1950), o filme narra a história de um homem comum, que sai do interior do Brasil para tentar a vida em São Paulo. A cidade, em seu perpétuo processo de construção e desconstrução vista a partir do microcosmo de um canteiro de obras, seus trabalhadores e uma profusão de máquinas em plena atividade. A revolta metafísica deste personagem, é a revolta do homem contra sua condição e contra tudo aquilo que o humilha.

Filmografia

Fome
Em finalização, longa de ficção

2014 - Hamlet
ficção, 90 min

2014 - Amador
ficção, 95 min

2013 - Mataram meu irmão
doc, 77 min)

2012 - Sinfonia de um Homem Só
ficção, 93 min

2012 - O Boto e o Homem
doc, 26 min

2010 - Cuipiranga
doc, 90min

2008 - O Homem da Cabine
doc, 80min

2007 - Construção
doc, 48min

2007 - Lucrecia
doc, 10min

2006 - Corações Desertos
ficção, 70min

2005 - Os Solitários
ficção,15min

2005 - 4:48 am,
ficção, 15min