APACI – Associação Paulista de Cineastas | Beto Brant

Beto Brant

Beto Brant, nascido em Jundiaí, dirigiu os filmes Os Matadores (1997) e Ação Entre Amigos (1998), dando início à parceria com o escritor e roteirista Marçal Aquino e o diretor e produtor Renato Ciasca. Sócio da empresa Drama Filmes, produziu e dirigiu os filmes O Invasor (2002), Crime Delicado (2005), Cão Sem Dono (2007), O amor segundo B.Schianberg (2009) e Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios (2012). Em 2013, entrou em cartaz com o filme Mundo Invisível, produzido pela Mostra de Internacional de Cinema de SP, do qual toma parte como diretor do episódio Kreuko.

Principais filmes

Os Matadores

Direção Beto Brant
Assistência de Produção Renato Ciasca
Direção de Produção Sara Silveira e Caio Gullane
Roteiro Beto Brant, Fernando Bonassi,Marçal Aquino e Victor Navas baseado no conto Matadores de Marçal Aquino
Edição de Som Roberto Ferraz
Direção de Arte Tulé Peake
Figurino Sandra Fukelman
Montagem Willem Dias
Trilha Sonora André Abujamra
Produção Executiva Sara Silveira

Sinopse

O filme mostra o conflito de dois pistoleiros de aluguel – um veterano e outro iniciante – no momento de uma tocaia, na fronteira do Brasil com o Paraguai. Na convivência dos dois, surgem os segredos, traições e o lado desconhecido de cada um, que acaba por provocar um explosivo desfecho.

O Invasor

Produção Drama Filmes
Direção Beto Brant
Direção de ProduçãoBianca Villar e Renato Ciasca
Direção de Fotografia e Câmera Toca Seabra
Direção de Arte Yukio Sato
Figurino Juliana Prysthon
Elenco Deborah Carvalho
Maquiagem Gabi Moraes
Montagem Manga Campion
Roteiro Marçal Aquino, Beto Brant e Renato Ciasca
Baseado na novela:  O Invasor de Marçal Aquino
Colaboração Willem Dias
Som Direto Louis Robin
Sound Designer Beto Ferraz

Sinopse

O INVASOR narra a história de três amigos – companheiros desde os tempos de faculdade de engenharia – que são sócios em uma construtora há mais de 15 anos. Tudo corre bem até o dia em que um desentendimento na condução dos negócios os coloca em conflito. De um lado, Estevão, o sócio majoritário, que ameaça desfazer a sociedade; de outro, Ivan e Gilberto, que, acuados, resolvem eliminar o sócio, acreditando que poderão conduzir a construtora ao seu estilo após a morte de Estevão. Para isso, contratam Anísio, um matador de aluguel, que executa o serviço.

É o início de uma nova fase para Ivan e Gilberto e também de um pesadelo inesperado: Anísio tem planos de ascensão social e pouco a pouco invade a vida dos dois amigos, confrontando-os com o processo de violência que desencadearam.

 

Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios

Direção Beto Brant e Renato Ciasca
Elenco Camila Pitanga, Gustavo Machado, Zé Carlos Machado
Roteiro Marçal Aquino, Beto Brant e Renato Ciasca
Produção Bianca Villar e Renato Ciasca
Produção Executiva Bianca Villar
Direção de Produção Camila Groch
Assistência de Direção Simone Elias e Luciana Baptista
Fotografia e Steadycam Lula Araujo
Direção de ArteAkira Goto
Figurino Leticia Barbieri
Maquiagem de Efeito e Artista Convidado Cisco Vasques
Maquiagem Baby Marques
Montagem Willem Dias
Som Direto Marcio Camara
Desenho de Som Beto Ferraz
Música Simone Sou e Alfredo Bello

Sinopse

Um triângulo amoroso envolve Cauby (Gustavo Machado), um fotógrafo de passagem pelo interior da Amazônia, a bela e instável Lavínia (Camila Pitanga) e seu marido, o pastor Ernani (Zecarlos Machado), que acredita ser possível consertar as contradições do mundo.
Lavínia, o corpo; Cauby, o olhar; Ernani, a palavra – os três vértices de uma paixão incandescente, em meio à natureza ameaçada de devastação.

Filmografia

- Os Matadores
- Ação entre amigos
- O Invasor
- Crime Delicado
- Cão sem dono
- O amor segundo B. Schianberg
- Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios